SBPT reforça a importância da ventilação mecânica domiciliar para pacientes crônicos

Posted on 11 de dezembro de 2009. Filed under: Tecnologia | Tags:, |

Atualmente, os pacientes com doença respiratória crônica, síndrome de apneia do sono obstrutiva e DPOC em fase avançada, portadores de doenças neuromusculares como distrofia muscular e esclerose lateral amiotrófica, além de indivíduos que tiveram sequelas de poliomielite, podem recorrer a um método eficaz e ainda pouco divulgado para tratar suas patologias.
A terapia de ventilação mecânica não invasiva é um tratamento de alta complexidade, que requer equipamentos sofisticados e profissionais de saúde devidamente habilitados para indicar e monitorar o procedimento, como médicos (pneumologistas), fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, nutricionistas, entre outros, que fazem parte da equipe multidisciplinar de atendimento. Tudo isso resulta em alto custo e na consequente dificuldade de acesso por grande parte dos pacientes.
Dr. Marcelo Alcântara Holanda, professor adjunto de pneumologia e terapia intensiva da Universidade Federal do Ceará e membro da Comissão Científica de Terapia Intensiva da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), comenta a importância de levar essa discussão à sociedade e às autoridades responsáveis.
“Sem dúvida, a ventilação mecânica domiciliar é pouco difundida por se tratar de um método de tratamento complexo, e de início, associado a um custo elevado. Apesar disto, o Ministério da Saúde desenvolve desde 2008 o Programa de Assistência Ventilatória Não Invasiva aos Portadores de Doenças Neuromusculares que pretende viabilizar em todo o país a disponibilização do suporte ventilatório não invasivo aos pacientes com essas enfermidades, em consenso com as preconizações da Organização Mundial de Saúde. É um passo a frente rumo à ampliação desta terapia, sendo necessário, contudo, que outras doenças também sejam consideradas”.
Sobre o tratamento
Consiste no uso de um ventilador pulmonar que promove ajuda à musculatura respiratória por meio de uma máscara, colocado no nariz e/ou na boca; ou por meio de um tubo implantado na traqueia.
Entre os benefícios, o tratamento melhora o sono, atenua os sintomas relacionados à insuficiência respiratória crônica, aprimora a performance na prática de atividades rotineiras que exijam esforço físico, diminui o cansaço e também a falta de ar. Além disso, aumenta a expectativa de vida e previne as complicações, sobretudo as de ordem respiratória.
“O uso de aparelhos de ventilação mecânica em residência está aumentando cada vez mais no Brasil e novas indicações vêm surgindo. Os sistemas de saúde, tanto público quanto privado, devem se preparar para atuar diante desta nova demanda, ampliando os serviços de atendimento domiciliar ou home care que disponibilizam este recurso terapêutico”, afirma.

Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: